quarta-feira, 30 de abril de 2008

Na Radial Leste




" Hoje na hora do almoço estive na estação Vila Matilde e pude
"fiscalizar" o andamento das obras da Ciclovia da Radial Leste, a qual
eu, André Pasqualini, Márcio Santos e Hugo "vistoriamos" em janeiro
(vide os relatos em
http://www.ciclobr.com.br/diasemcarro/ciclofaixas_blog06.asp).

Segue uma foto da vista superior a partir da estação do metrô. Como
destaquei na foto, percebi:

- Homens trabalhando na ciclovia, parte da pista interditada com cones
para possibilitar a movimentação de homens e equipamentos
- Postes de iluminação sobre a ciclovia. Não acho que custaria muito
movê-los para a borda da pista, eles podem provocar alguns acidentes
com os ciclistas
- Largura da ciclovia suficiente para bikes indo e vindo
simultaneamente (veja comparação com a largura de um ônibus na foto)
- Mas um HIDRANTE no meio da ciclovia chega a ser engraçado

I. A.

Leia mais sobre ciclovias:

Ciclovias de São Paulo no Apocalipse Motorizado - clique aqui


As Ciclovias de São Paulo - e que o futuro nos reserva no cicloBR - clique aqui

e

Ciclovias no pedalante - clique aqui

foto - clique aqui

-.-.-.-.-.-.

Bicicleta como meio de transporte

Após o vídeo ocorrerá um debate com o tema O Papel da Bicicleta Como Meio de Transporte. Para esse debate teremos na mesa os seguintes convidados:

Thiago Benicchio – jornalista, responsável pelo Blog Apocalipse Motorizado e diretor do documentário

André Pasqualini – Cicloativista e responsável pelo site CicloBR

Janet Rice – ex-prefeita de Melborne, entusiasta da bicicleta como meio de transporte

Dr. Paulo Saldiva – Médico e Prof da USP conhecido ciclista e crítico da poluição veicular

Dr. Eduardo Jorge – Secretário do Verde e Meio Ambiente (a confirmar)



Ao final do evento acontecerá um passeio pela cidade, nos moldes da Bicicletada ou Massa Crítica (Critical Mass), a partir das 19h, saindo do Memorial da América Latina e visitando diversos pontos importantes da cidade, como A Praça do Ciclista, Av. Paulista, Masp, Centro Cultural, Praça da Sé, Prefeitura, Teatro Municipal e elevado Consta e Silva, retornando ao Memorial. (haverá locação de bicicletas no local).

O trajeto sugerido pode ser visto clicando aqui

Esta Massa Crítica será um movimento de reocupação do espaço público e a demonstração de que há outras opções para o deslocamento na cidade melhores e mais atraentes que o automóvel. Uma celebração do mais inteligente meio de transporte já inventado, a Bicicleta que não polue, não congestiona e traz benefícios, não só para seu usuário, mas para toda a cidade.Um maior incentivo as vias ciclísticas em grandes centros urbanos e o respeito as leis de trânsito por parte dos motorizados, colaboraria drasticamente com uma melhora na qualidade de vida da população reduzindo a poluição e o congestionamento nas grandes cidades.

Público Estimado: 250 pessoas.

Inscreva-se enviando um e-mail para side_events@globalgreens.org.br com seu nome e Idade e RG

Maiores informações: 0 XX (11) 3083-17 22

02 de maio de 2008, às 15:30h,

Uninove, Campus Memorial Luiz Carlos

Av. Francisco Matarazzo, 612.

No Feriado

São Paulo, uma grande cidade. No feriado do dia dos e das trabalhadores/as, aproveite para conhecer alguns locais. Sempre de bicicleta, pegue a estrada, veja a placa demarcatória do Trópico de Capricórnio ( km 23,5 da rod. dos bandeirantes/ km 23 da rod. anhanguera);Aproveite e pedale até a divisa da cidade com o município de Caierias ( e veja o pequeno deserto verde, que uma comapanhia de papel, midiáticamente, diz transformar em área de reflorestamento).

-.-.-.-.-.

Todo dia de bicicleta



A Associação Transporte Ativo convida você a adotar a bicicleta como meio de transporte diário para o trabalho.
Aproveite a passagem do Dia do Trabalho e, a partir de 1º de maio, decida por uma vida saudável e sem estresse.
Mande para seus colegas. A versão PDF que permite melhor visualização e impressão está aqui.
Convidamos também a participar da nossa pesquisa sobre o uso da bicicleta. Visite o blog http://blog.ta.org.br e deixe seu voto. Sua colaboração é importante!!

-.-.-.-.-.-

cidadania nas ruas

Foto: Luna.Rosa - 25/04/2008

Ocupar as ruas, com nossas bicicletas, é uma ação cidadã. Legitimar essa ação, é pintar nossas ciclofaixas.

Concordo


Gostei do que li e aqui reproduzo

"muito importante sentirmos o crescimento da bicicletada.

no último dia sem carro percebi que poderiam ser necessárias algumas medidas de "contenção" e "orientação" da massa, na medida em que ela cresce. em um encontro que tivemos em seguida, ao colocar a questão, juliana discordou quando falei que estas tarefas deveriam ser desempenhadas pelos "mais experientes".

hoje eu vejo sua razão, e acho que todos os participantes, independente dos níveis de experiência, devem se tornar co-realizadores da ação, e responsáveis pela segurança de si e do grupo, mas também pela beleza e alegria do movimento.

quando cheguei na bicicletada e ela era pequenininha, fui recebida pelas pessoas que de certa forma foram (e são) meus padrinhos (madrinhas estavam em falta). recebi panfletos, os distribuí, fizemos oficinas de arte para realizar intervenções simbólicas. formávamos uma roda de pessoas no gramado da praça, para conversar sobre como podíamos fazer o melhor para respeitar e sermos respeitados em nosso percurso.

o que acontecia ali era uma processo de auto-educação-coletiva, onde todos construíam
um espírito da bicicletada.

me preocupa um pouco o crescimento quantitativo substancial e rápido, em detrimento de um crescimento mais lento, onde poderíamos compartilhar e multiplicar o espírito e os conhecimentos gerados pelo nosso encontro.

as vezes acho que seria melhor ir devagarinho, fazendo a bicicletada crescer multiplicando
estas idéias de auto-educação-criação-coletiva. sem ficarmos tão preocupados com os números.

precisamos nos defender dos "veículos motorizados", mas acima de tudo conquistar as pessoas. estejam elas de carro, moto, ônibus, a pé ou de bicicleta. devemos nos comunicar com elas e quebrar a rigidez do trânsito, fazer que esqueçam que têm que cruzar mais um farol e lembrá-las que dá para ser feliz ali mesmo, olhando para o lado de fora. assim, quem sabe, um dia estarão inteiras desse lado.

não precisamos tanto de mega-phone e de "contenção", mas compreensão e delicadeza,
como os milhares de indianos que foram com gandhi buscar seu sal.

e bastante alegoria e alegria.

braços abertos."
gira-me

-.-.-.-.-

segunda-feira, 28 de abril de 2008

Aula de Cidadania

A Bicicleta SP ( critical mass ), em abril, mostrou seu valor: Uma aula de cidadania.



O poder público municipal, opta por politicamente ignorar a legislação sobre as ciclovias e ciclofaixas na cidade. Os cicloativistas, em uma ação cidadã, ( quase que terceirizados), fizeram uso e abuso da máscara da bicicleta, pintado as ciclofaixas nas ruas e avenidas da grande cidade.

Atenção para a lista de chamada, da aula de cidadania:

- trabalhador@s e suas bicicletas ,



- As/os cicloativistas ( as/os cdf's da turma)



- Os que fazem/ouvem Punk rock


- Os que curtem as letras



Uma campanha


Pq bicicletada 3

video

Pq. Bicicletada 4

video


Nosso megafone Ecológico - sem pilhas e sem baterias...Foto: TT - Águia Dourada.

Outros Relatos e Fotos:

Uma verdadeira massa toma as ruas no T.A. - clique aqui

Bicicletada de Abril, andante sostenuto no Apocalipse Motorizado - clique aqui

Fotos:

Águia dourada - aguarde

Ciclista SP - clique aqui

Dysprosio - clique aqui

Pedalante - clique aqui


Vídeos:

Águia Dourada - aguarde

Do REX - clique nos números: [ 1 ], [ 2 ] e [ 3 ]

Curiosidades:

Memória das bicicletas em SP - clique aqui

Números do Lilx - clique aqui

-.-.-.-.-.-.-.-

quarta-feira, 23 de abril de 2008

2.1

Cotidianos: Jogar games e praticar o teatro. Da Espanha para o Brasil, de uma experiência nasce um espetáculo.
Minha sugestão e que você aproveite, seu final de semana, pois nossa cidade não é feita só de congestionamentos.

-.-.-.-.-.

terça-feira, 22 de abril de 2008

lembro sempre


Ai Que Saudade D'ocê

Fagner

Não se admire se um dia,
um beija flor invadir
A porta da tua casa,
te der um beijo e partir
Foi eu que mandei o beijo
que é pra matar meu desejo
Faz tempo que eu não te vejo,
ai que saudade d'ocê
Se um dia ocê se lembrar,
escreva uma carta pra mim
Bote logo no correio,
com frases dizendo assim
Faz tempo que eu não te vejo,
quero matar meu desejo
Lhe mando um monte de beijo
ai que saudade sem fim
E se quiser recordar
aquele nosso namoro,
quando eu ia viajar
Você caía no choro,
eu chorando pela estrada,
mas o que eu posso fazer
trabalha é minha sina
eu gosto mesmo é d'ocê


-.-.-.-.-.-

segunda-feira, 21 de abril de 2008

Pedalando Rumo ao Pico do Jaraguá

Foto: Pedalante - 19/04/2008

Dia do Índio, 4 cicloativistas resolvem pedalar de Pirituba até o cume do Pico do Jaraguá ( o ponto mais alto de nossa cidade, com 1.135 m).


Patrimônio HistóricoFoto: Pedalante - 19/04/2008

A entradaFoto: Fabi - 19/04/2008

Foto: Fabi - 19/04/2008

Meta Foto
Foto: Fabi - 19/04/2008

A espera
Foto: Pedalante - 19/04/2008


outras fotos, clique aqui.

E um vídeo ( logo mais)

Uma Lenda

Pico do Jaraguá
-.-.-.-.-.

Cravos, Rosas, Margaridas e outr@s trabalhador@s


Dia 25 de abril, nosso encontro mensal com ativismo em prol de nossa cidade, mais humana.

BICICLETADA DE ABRIL - trabalhador@s

maiores informações: bicicletada.org

-.-.-.-.-.

quinta-feira, 17 de abril de 2008

Uma noite nas barricadas


Rebelião popular em Oaxaca, México, 2006. Quando os paramilitares dão um tiro de fuzil no peito de Brad Will, a câmera cai, mas continua gravando. Essa câmera passa de mão em mão, contando a história de Brad.

E um pouco desse movimento de movimentos conhecido como antiglobalização. Das ocupações urbanas em Nova York, a um piquete ecologista no Oregon, à batalha de Seattle, Praga, Quebec, Gênova, Quito, Oaxaca...

Por trás da câmera estão os amigos de Brad que, como ele, se dedicam a mostrar o que não aparece na TV."

Filme: Brad, uma Noite Mais nas Barricadas
Diretor: Miguel Bastos (VideoHackers)
Duração: 55min
Edição de Som: BNegão e Rodrigues
Entrada livre

Quinta dia 24 de abril
19 Horas
Espaço Impróprio
Rua Dona Antônia de Queiróz, 40

quarta-feira, 16 de abril de 2008

Bandeira

Arte: Igor no Apocalipse Motorizado.


"A onda anda

/ aonde anda

/ a onda?

/ a onda ainda

/ ainda onda

/ ainda anda

/ aonde?

/ aonde?

/ a onda

/ a onda".

Manuel Bandeira


...........

Família bicicletada Gira-me, clique aqui

-.-.-.-.-

terça-feira, 15 de abril de 2008

Mudou


O documentário Sociedade do Automóvel, mudou seu endereço: encontra-se orgulhosamente hospedado do Blog do Transporte Ativo.

A resenha: "11 milhões de pessoas, quase 6 milhões de automóveis; um acidente a cada 3 minutos; uma pessoa morta a cada 6 horas; 8 vítimas fatais da poluição por dia.

No lugar da praça, o shopping center; no lugar da calçada, a avenida; no lugar do parque, o estacionamento; em vez de vozes, motores e buzinas.

Trabalhar para dirigir, dirigir para trabalhar: compre um carro, liberte-se do transporte público ruim. Aquilo que é público é de ninguém, ou daqueles que não podem pagar.

Vidros escuros e fechados evitam o contato humano. Tédio, raiva angústia e solidão na cidade que não pode parar, mas não consegue sair do lugar. Um vídeo de Branca Nunes e Thiago Benicchio. "

Livro, filme e blog

Livro: Apocalipse Motorizado no CMI

ou na Editora ( somente até 30/04)

-.-.-.-.-.-.-.

ACESSO


um bom curso

A Ong Artigo 19 realizará oficinas gratuitas de Produção de Web Rádio e Acesso a Informação Pública no Centro Cultural da Juventude - CCJ.


Os interessados podem se inscrever gratuitamente pelos telefones (11) 3057-0071 e 3057-0042 ou enviando e-mail para mila@article19.org.

dica da GIRAME

-.-.-.-.-.

segunda-feira, 14 de abril de 2008

IN tolerância ZERO

1. Quando te vêem deitado, de olhos fechados, na sua cama, com a luz apagada e te perguntam:
- Você tá dormindo?
- Não, tô treinando pra morrer!

2. Quando a gente leva um aparelho eletrônico para a manutenção e o técnico pergunta:
- Tá com defeito?
- Não é que ele estava cansado de ficar em casa e eu o trouxe para passear.

3. Quando está chovendo e percebem que você vai encarar a chuva, perguntam:
- Vai sair nessa chuva?
- Não, vou sair na próxima.

4 Quando você acaba de levantar, aí vem um idiota (sempre) e pergunta:
- Acordou?
- Não. Sou sonâmbulo!

5. Seu amigo liga para sua casa e pergunta:
- Onde você está?
- No Pólo Norte! Um furacão levou a minha casa pra lá!

6. Você acaba de tomar banho e alguém pergunta:
- Você tomou banho?
- Não, mergulhei no vaso sanitário!

7. Você ta na frente do elevador da garagem do seu prédio e chega um que pergunta:
- Vai subir?
- Não, não, tô esperando meu apartamento descer pra me pegar.

8. O homem chega à casa da namorada com um enorme buque de flores. Até que ela diz:
- Flores?
- Não! São cenouras.

9. Você está no banheiro quando alguém bate na porta e pergunta:
- Tem gente?
- Não! É o cocô que está falando!

10. Você chega ao banco com um cheque e pede pra trocar:
- Em dinheiro??
- Não, me dá tudo em clips!

E principalmente...

Tá com pressa?
Então, vá de bike!!!

-.-.-.-.-.-.

Desafio


Desafiar o trânsito paulistano, isso cotidianamente tod@s cicloativistas fazem. Alguns até resolvem praticar o ciclismo de forma amadora ou não: audaciosos, participam do Audax aqui no Brasil, outros resolvem participar de um desafio: vencer a serra de Campos do Jordão. São 49,7 km de prova ( e 13 km só de subida da serra). Uma tarefa para poucos ( esse ano, foram 680 participantes, na 1ª edição). O Jurisconsulto e o XsaladaX, participaram dessa 1ª etapa, leia o relato emocionante:

(...)
A prova foi uma ótima experiência, a temperatura muito agradável e um sol maravilhoso.
O Salada me fez ficar junto com o pelotão, que consegui acompanhar até +/- o 12º km, muito rápido e alucinante acompanhar o pelotão, depois fui no meu ritmo, sem tentar acompanhar outro atleta, fui sentindo a prova, as dificuldades e os momento de estontiante beleza natural da serra da mantiqueira.
Quando o trecho de subida de 13km ininterruptos começa vira uma terapia, não tenho muito tempo para treinar, portanto meu rendimento em subidas não é bom, então fui mantendo a cadência, bem devagar e sempre, e conferindo no ciclocomputador, os metros custando a passar. Acho que levei mais de uma hora para completar este trecho, e logo depois de seu fim veio um pequeno declive, quando achei que agora seria mais fácil!
Engano meu, veio uma série de pequenos declives e subidas (bem ingrimes), até chegar na região urbana de Campos do Jordão com uma série de descidas, muito rápidas, até o final do centro.
Neste final dei uma puxada para chegar rápido, foi gostoso pois consegui administrar a subida e ainda tinha um pequeno gás para dar no final. Logo que cheguei coloquei tudo no carro e voltei para São Paulo pois tinha um compromisso as 14 horas.
Para você ter uma idéia, domingo de noite fui conferir no ciclocomputador minhas velocidades, e qual não foi minha surpresa quando vi que minha velocidade máxima foi de 72km/h!!! Nem sei em que momento foi isso, lembro que no pelotão olhei para a velocidade num momento que na marcha mais pesada eu pedalava em falso, e eram somente 62km/h.
Mas valeu a experiência, (...)a prova, muito agradável, na próxima você tem (...)!!
Grande abraço e boa semana.(...)"

p.s aos navegantes, os 2 cicloativistas, são tb "speedeiros".
-.-.-.-.-.-


Parado no Trânsito

aproveite o momento, e vá ler. Leia um bom livro. Veja como:

1- Utilize seu celular, com conexão na internet;
2- acesse o site da editora conrad: http://www.lojaconrad.com.br/produto.asp?id=202&cat=/
3- Se cadastre, logo em seguida faça o download do livro "Apocalipse Motorizado" é totalmente gratuito até o dia 30/04/2008.
4- Boa leitura.

Agora um pouco da resenha do livro, feito pela editora:

"Apocalipse Motorizado - A Tirania do Automóvel em um Planeta Poluído
Ned Ludd (org.)

A cada três minutos acontece um acidente envolvendo carros na cidade de São Paulo.

Vinte mil pessoas são mortas, por ano, vítimas de acidentes de trânsito no Brasil, mas números não oficiais apontam quase o dobro. Segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) mais de um milhão de pessoas estão envolvidas direta ou indiretamente nestes acidentes!

As ruas, avenidas e viadutos avançam devastando bairros e expropriando o espaço público da comunidade pelo espaço privado do automóvel.

O petróleo polui e altera as condições climáticas das cidades cada vez mais congestionadas...Guerras são declaradas e milhões são massacrados pelo controle das fontes de combustíveis como podemos ver claramente hoje no Iraque.

Contudo, até então nenhuma reflexão contundente sobre o papel desumano dos automóveis havia obtido seu devido espaço no Brasil, nenhuma crítica radical contra essas máquinas moedoras de carne humana.

Por isso, o livro Apocalipse Motorizado - A Tirania do Automóvel em um Planeta Poluído apresenta uma coletânea inédita de textos sobre a questão do automóvel como uma imposição social, discutindo seus ´efeitos colaterais´ nefastos como poluição, dependência do petróleo, expropriação do espaço público comum e a exclusão social. Mais que uma abordagem teórica, o livro propõe ações práticas e soluções à libertação da humanidade dessa tirania. "

quarta-feira, 2 de abril de 2008

Tempo de Viver e de amar

Ana e sua versão da bicicletada
video

No mês das mulheres, a bicicletada ( nossa critical mass) de março, estava mais radiante do que nunca. Ampla e variada participação de cicloativistas de toda a cidade. Mulheres e homens, com suas bicicletas celebraram a ocupação das ruas, e com direito as famosas "cicletinhas".

7 anos e na bicicletada

Seiscentos e Sessenta e Seis

A vida é uns deveres que nós trouxemos para fazer em casa.
Quando se vê, já são 6 horas: há tempo...
Quando se vê, já é 6ª feira...
Quando se vê, passaram 60 anos...
Agora, é tarde demais para ser reprovado...
E se me dessem - um dia - uma outra oportunidade,
eu nem olhava o relógio.
seguia sempre, sempre em frente ...

E iria jogando pelo caminho a casca dourada e inútil das horas...

Esconderijos do Tempo - Mario Quintana


Os irmãos

Os ciclo amigos


Relatos
CicloBr - clique aqui
JMatoso - clique aqui
outros relatos em breve....

Fotos:
CicloBr - clique aqui
Pedalante - clique aqui
Uol - clique aqui
mais fotos em breve...

Vídeos:
( 1 ) outros em breve...

Recordar:
pq. bicicletada? - clique aqui
memória: outras bicicletadas - clique aqui

-.-.-.-.-.-.

Recordar é viver

Congestionamentos, cof!cof!, cof! São Paulo a cidade que não dorme, está parando. Parada pela imobilidade dos insanos motorizados. Dialogar sobre Traffic Calming, e um pecado passível de chingamentos, ironias e sei lá mais o quê. Diferentemente da versão oficial da rua cidadã ( a quase Traffic Calming paulistana), em que a prefeitura autoriza a "iniciativa privada" ( como em uma rua aqui do centro, que foi toda modificada por 2 restaurantes )nós cicloativistas, ocupamos um pequeno trecho da Av. Paulista e por algumas horas, realizamos nossa versão da Traffic Calming. A idéia foi plantada, agora é mão na massa ou seria mãos à obra.



video
Vídeo CicloBR


terça-feira, 1 de abril de 2008

Ele Voltou: Acorda Babão! !

no uol: ''Bicicletada na Paulista protesta contra o excesso de carros!

Que felicidade, que emoção, depois de um longo e tenebroso inverno (ou seria inferno!!), ele voltou. Tudo bem, só uma pequena mensagem com o link e a foto , ainda que tímida, mas cheia de emoção, e isso é o essencial!!!

.: Saudações Galera: .
E já Saiu no UOL sobre a Bicicletada de Março.
Ciclo Abraços

Com nossos biciclos, pelas ruas paulistanas, bicicletavamos. E você de seu quarto, conseguiu minimamente, acompanhar da tela de seu computador, nossa movimentação, traduzida na imagem acima. Sei que lhe ensinaram: que morrer pela pátria e viver sem razão, era o fundamental....
..............

Antes da bicicletada de abril, voltaremos sim, a pedalar pela cidade!!!Afinal, se hoje, sou um CicloAtivista devo isso à você.

b b b b b b b b b

Sou VERDÃO


Então, para dar alegria aos torcedores do Paulistão e desse grande time, e com vários ciclo torcedores, minha homenagem ( uma imagem para lá de bonita, ver a bandeira desfraldar no campo, mesmo que do time adversário admito)

p.s para que não fiquem dúvidas: sou torcedor do Palmeiras.

-.-.-.-.-.-